quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Os politicos, os politicos



A classe social mais criticada, mais achincalhada, mais exposta à opinião pública, é a dos políticos. São eles os responsáveis pelo estado da Nação, pois, neste momento o único “estado”digno de registo é o estado a que chegámos. Cada vez há mais desemprego, cada vez há mais descontentamento, cada vez há mais pobreza, cada vez há mais autoritarismo, melhor dizendo há cada vez mais do mesmo.
Exceptuando os acidentes de viação ou calamidades públicas, tudo o que acontece, todas as noticias que vêm a público têm os mesmos protagonistas: os políticos. E se não são políticos, já o foram. E aqui é que reside o cerne da questão: mesmo quando de exercer o poder (politico), eles continuam a andar por aí…
“Mudam-se os tempos…”mas não se mudam as vontades. Os ricos e poderosos são cada vez mais ricos e têm cada vez mais poder; os pobres e fracos são cada vez mais pobres e têm cada menos força.
Nem o velho ditado “a união faz a força” nos vale do que quer que seja, pois o que prevalece é “quem tem olho é rei”.
É tempo de reflectir, é tempo de mudar, é tempo principalmente de agir. São necessárias, para isto, novas pessoas, novas ideias, um novo poder!

1 comentário:

Miguel Ferreira disse...

Go Lurdes 2008... yes she can