quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Fisiologia Humana


No final de um jantar das jornadas parlamentares do PSD, falou o bispo do Porto… Sem dúvida que D. Manuel Clemente estava lá para explicar o processo e elementos da teoria “Leitista” do casamento para a procriação.

E que melhor maneira para fazê-lo, do que um bispo a explicar tal posição, com referências à tradição cristã e a partes da última encíclica do Papa, numas jornadas de um dos partidos do nosso Estado laico. Isto tudo numa altura em que o casamento “civil” entre homossexuais está em discussão.



O bispo pegou nos seus argumentos e fez uma bela sopa de fisiologia humana à moda do Vaticano, com rebentos de alteridade homem-mulher no cenário da perpetuação da espécie. A conclusão principal foi que as pessoas respeitam pouco a sua “própria fisiologia humana


Como não me vou alongar sobre assuntos que já me debrucei anteriormente [disponíveis nestes “tags”: Discriminação; Família; Casamento], limito-me a constatar que o celibatário bispo é só mais um dos que "respeitam pouco a sua fisiologia.”

1 comentário:

Carlos Miguel Sousa disse...

É por estas e por outras que a Igreja Católica tem cada vez menos "sócios a pagarem as quotas", e vai deixando vazio um espaço, que outros piores ainda têem vindo a ocupar gradualmente. Cada vez mais a IC, se parece com o PCP, afinal não esqueçamos que foi o adormecimento e conservadorismo deste que abriu espaço para o surgimento do BE. Amen.